Blakroc

Parece um completar do círculo que dura e perdura à várias décadas. Quem parece? Este projecto chamado Blakroc e que lançou, no ano passado, um fenomenal álbum homónimo.

Blackroc trata-se da fusão entre o grupo Blues Rock de nome The Black Keys e vários artistas da cena R&B e Hip-Hop, como sejam Ludracris, Mos Def, NOE, RZA, etc.

Tudo começa com Damon Dash, co-fundador e ex-shareholder da Roc-A-Fella records, e com o seu gosto pelo grupo The Black Keys, naturais de Ohio e herdeiros de uma nobre herança musical norte-americana, o Blues, género musical que rivaliza em criatividade com o mui amado (aqui pelos lados desta jangada de pedra) jazz. E a historia continua com convites atrás de convites, solidifica-se nesta pequena pérola (não consigo resistir) negra, que se afirma numa sonoridade pujante e pungente, arrebatadora na sua violência urbana de becos esconsos e luzes doentias. Nela podemos distinguir as formas de bares perdidos em portos nauseabundos, onde as mulheres são Carnavais e as suas curvas baratas.

É o recuperar (se alguma vez esteve perdido) de um mundo “noir” e “hardcore”, histórias da História de um país e de um povo que criou a maior parte da música e sonoridades do mundo moderno. Forte. Tonitruante. Atordoante.

Sais rasgado desta cidade. Mas de corpo lavado e alma ritmada.


1 comentário:

Bongop disse...

Grande grande som!
Não conhecia!

Abraço